lunes, 21 de febrero de 2011

Madrid

"

Por tua tez morena, ah Madrid, me remeto!
Aos campos engrandecidos de outros prados
Ao som da castanhola te prometo
Dançar à luz da noite em teus braços!

Ah Madrid, aos teus lábios me converto!
Delicadamente com meu vestido harmonioso,
Que pareço por vezes ser a criança e o brinquedo.
E numa bela canção, cantas pra mim orgulhoso!

Pelas terras, Madrid - tão sensuais d’ Espanha
Paira o meu olhar por ti apaixonado...
Que rogo aos deuses catalãs!

Ter teu corpo colado à minha alma, e estranha
Sinto-me que já me guias do passado
Quem sabe nasci um dia naquele clã!"

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada