lunes, 10 de septiembre de 2012

"Assim me apaixonei pelos livros – pela noite que neles nos invade, quando os abrimos, pela noite que neles nos resiste, depois de lidos, relidos e fechados. Pela noite que prossegue, incansável, entre as palavras, as palavras sem dono, escritas da ausência para a ausência."

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada